Pelo Mundo

Blog dos correspondentes da Folha

 

Primeiro dia nas Malvinas

SYLVIA COLOMBO, DE STANLEY/PUERTO ARGENTINO

Turistas descem de cruzeiros para tirar fotos de pinguins, os moradores se cumprimentam pelo nome nas ruas. Nos parques, crianças super-agasalhadas brincam ao ar livre. Na fila do correio, viajantes europeus e asiáticos com mochilas coloridas fazem fila para enviar cartões-postais.

 

Nada parece mais distante de Stanley, capital das Falklands/Malvinas, do que a Argentina. A grade da TV paga é toda inglesa, escuta-se a BBC no rádio, o preço das coisas é estabelecido em libras, e quase não se ouve falar castelhano. Uma rápida enquete num café e numa livraria bastou para perceber que nem sequer as reclamações da presidente Cristina Kirchner pela soberania das ilhas chega até aqui. Poucos estavam informados das recentes farpas trocadas por ela e o premiê britânico David Cameron.

 

As primeiras sensações que Stanley passa, porém, é a de uma cidade artificial, quase um parque temático. Um amigo jornalista a comparou ao ambiente do filme “Truman Show”, e ele tem muita razão. Ruas limpinhas, casas e lojas organizadas, parques e sorrisos que parecem de mentira de tão perfeitos, como no filme de Peter Weir.

 

É difícil opinar na disputa de ingleses e argentinos por este arquipélago. Mas, enquanto os argentinos talvez exagerem na dose de um patriotismo dramático, os “kelpers” (habitantes das ilhas) parecem precisar fazer muito esforço para provar que são realmente felizes aqui.  

 

Escrito por Sylvia Colombo às 18h48

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Parece, mas não é


Crédito: Divulgação e Getty Images

VERENA FORNETTI, DE NOVA YORK

O Departamento de Saúde da cidade de Nova York usou imagem adulterada na recém-lançada campanha municipal contra diabetes. Segundo a prefeitura, o anúncio foi criado pela agência americana DCF Advertising.

A propaganda, feita em inglês e em espanhol e disposta em vagões do metrô e outros pontos na cidade, mostra um homem obeso com parte da perna amputada. Exibe a mensagem: "As porções cresceram. Também a diabetes tipo dois, que pode levar a amputações."

O caso foi revelado pelo "New York Times" e abordado por outros jornais americanos hoje. Morten Smidt, autor da foto, disse que na imagem original o homem não tinha a perna amputada (veja acima). Ele relatou ter tirado a foto em 2008 e vendido o trabalho para a agência Image Source, que comercializa material para agências de publicidade.

A prefeitura de Nova York confirma que a imagem foi adulterada. À Folha, informou que não retirará o anúncio das ruas. 

 “Algumas vezes usamos indivíduos que realmente têm determinada doença. Em outras precisamos usar atores. Nós podemos parar de usar atores nos nossos anúncios quando a indústria da alimentação parar de usar atores nos anúncios deles”, disse o porta-voz do Departamento de Saúde John Kelly em e-mail à reportagem.

Escrito por Verena Fornetti às 15h10

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Americanos estão bebendo mais

VERENA FORNETTI, DE NOVA YORK

Estudo elaborado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças do governo americano aponta que os americanos estão aumentando o consumo de álcool.

Segundo o relatório, um em cada seis americanos têm o hábito de beber muito em um curto espaço de tempo _incluídos na classificação estão homens que bebem ao menos cinco doses ou mulheres que ingerem quatro ou mais drinques.

Em Estados como Dakota do Norte, Arizona e Novo México, a média é de 7,8 a 9 doses por bebedeira.

O grupo que mais bebe em cada episódio é o de menor renda, mas a população que ganha mais é a que tem maior fatia de pessoas com hábito de beber muito em uma noite (ou em outro espaço curto de tempo). Quem tem de 18 a 34 anos incorre mais nesse comportamento.

O consumo excessivo de álcool custa 80 mil vidas por ano aos EUA, segundo o documento.

Escrito por Verena Fornetti às 14h29

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Álvaro Fagundes Andrea Murta correspondente-colaboradora em Washington


Fabiano Maisonnave Fabiano Maisonnave correspondente na China


Luciana Coelho Luciana Coelho correspondente em Washington


Luisa Belchior Luisa Belchior correspondente-colaboradora em Madri


Marcelo Ninio Marcelo Ninio correspondente em Jerusalém


Samy Adghirni Samy Adghirni correspondente em Teerã


Sylvia Colombo Sylvia Colombo correspondente em Buenos Aires


Verena Fornetti Verena Fornetti correspondente em Nova York

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.